quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Colorir


Minhas mãos e mente respondem ao seu estímulo

Meu corpo vibra desperto e desesperado enquanto procuro seus olhos noite a dentro

Tento alcançar, confortar, confrontar, contornar e colorir seus medos, meus medos e expectativas

Meus anseios de cores rápidas, entregue em tintas pálidas e misturas vibrantes de olhares apaixonados que se perdem noite a dentro com o sono,

Sonhos se apagam desbotados pelo amanhecer

Que se escondem tingidos de medo e insegurança

Que então pintam, esperançosos e escondidos, um novo dia


Nenhum comentário: