sexta-feira, 27 de março de 2015

Verso de saudade

Te abraço e implico até rolares no chão

Acho engraçado o jeito que me olha pela manhã

Te esconde pela noite em caixas malas e escadas

Perdoe meu amigo mas tenho que partir


Rafael Ilhescas



Nenhum comentário: