quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Pomada


"Só quem já teve o cú ardendo sabe o que é isso!"

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

As musicas mais apaixonadas #0000 (me perdi na contagem)


Obsessão muitas vezes faz parte da paixão...

Monomania

Clarice Falcão

Já te fiz muita canção
São quatro, ou cinco, ou seis, ou mais
Eu sei demais
Que tá demais
Eu chego com um violão
Você só tá querendo paz
Você desvia pra cozinha
E eu vou cantando atrás
Hoje eu falei
Pra mim
Jurei até
Que essa não seria pra você
E agora é
Hoje eu falei
Pra mim
Jurei até
Que essa não seria pra você
Se juntar cada verso meu
E comparar
Vai dar pra ver
Tem mais você que nota dó
Eu vou ter que me controlar
Se um dia eu quero enriquecer
Quem vai comprar esse cd
Sobre uma pessoa só?
Hoje eu falei
Pra mim
Jurei até
Que essa não seria pra você
E agora é
Hoje eu falei
Pra mim
Jurei até
Que essa não seria pra você
E agora é

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Opiniões

As vezes me pergunto se todas as pessoas são dotadas de, pelo menos, um pouco de compreensão. E eu falo de "pelo menos um pouco" porque ninguém é obrigado a compreender e aceitar tudo o que se passa com o outro.

Acredito que todos sejamos dotados da capacidade de aceitação, uns um pouco mais, e outros menos, mas todos somos. Acho que o que ocorre é uma confusão de valores. Inevitavelmente, colocamos nossos filtros em cima das situações alheias, o que nos permite ter diferentes opiniões sobre um mesmo tema.

Enfim, ter diferentes opiniões, sustentar e discutir diferentes pontos de vista é completamente saudável. Porém, não é incomum que este tipo situação venha a se tornar uma briga e que cada parte queira convencer o outro de que está certo, o que gera um desafeto e ambas as partes podem se sentir melindradas...e é ai que pecamos.

Se alguém da abertura para ouvir um ponto de vista diferente, não significa que esta pessoa concorda ou quer ser convencida e sim que ela quer ouvir e ser ouvida, para que esta conversa venha a ser produtiva para ambos.

Mesmo que diferentes ideias e decisões magoem, acredito que, quando bem embasadas, podemos muito bem respeitar as diferentes opiniões e decisões, sem  agressões e mantendo uma boa relação.

Afinal de contas todos somos diferentes e merecemos todos o mesmo respeito.

Ps. Comecei a escrever este texto no começo do ano. Não consegui terminá-lo naquela época. De lá para cá vivenciei com mais clareza o sentimento que tentei descrever, o que tornou tudo mais claro no meu caminho.


Vida