sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Pois eu sou o amor

Jamais deixarei de lutar
Nem mesmo se eu tivesse o poder de saber o futuro
E prever o cair das estrelas
Nada, mas nada, me impediria
Pois eu sou humano
Pois eu sou o amor
O universo inteiro brotando de um só corpo
Mesmo que eu caia ,mesmo que eu caia 1000 vezes
Eu tornarei a me levantar
Pois nenhuma tempestade é capaz de durar para sempre
Eu sou paixão 
Eu sou vida e emoção
Sou o braço forte que levanta, carrega e estendo a mão
Eu sou um humano incompleto
Buscando no incerto entender o que é secreto
É isso que leva minha vida
É isso que leva meu ser
Pois eu sou o amor


Nenhum comentário: